Since 1979
26
Jul 08
publicado por Luís Veríssimo, às 15:34link do post | comentar

Visionado a 25 de Julho.


  


Cartazes: 5


Trailers: 4,5


Montagem: 4,5


Fotografia: 4,5


Argumento: 4,5


Realização: 5


Interpretações: 5


Banda Sonora: 4,5


Efeitos Especiais: 5


Cenários (exteriores): 4,5


Média: 4,7


Classificação Geral: 5 em 5


Aspecto Negativo:


O hype de volta do filme é exagerado. É muito sustentado pela fabulosa interpretação de Heath Ledger. Mas o filme tem mais, mesmo muito mais, que um Joker malandreco um pouco sanguinário.


Aspecto Positivo:


É sem dúvida alguma um grande filme, um filmaço. Mas queria salientar a forma como Chicago está filmada de forma brilhante. Christopher Nolan consegue aqui uma das suas melhores realizações.


19
Jul 08
publicado por Luís Veríssimo, às 13:06link do post | comentar

Visionado a 16 de Julho em antestreia.


 


  


Cartaz: 3


Trailer: 2,5


Diálogos: 3


Fotografia: 4,5


Argumento: 4 


Realização: 4


Interpretações: 4


Banda Sonora: 3


Efeitos Especiais: 3


Cenários (exteriores): 3,5


Média: 3,45


Classificação Geral: 4 em 5


Aspecto Negativo:


O parecer demasiado previsível e o de poder ser confundido com um dos filmes de David Lynch.


Aspecto Positivo:


O retrato sociocultural do interior norte-americano, pessoas e lugares estão assustadoramente bem retratados.


04
Jul 08
publicado por Luís Veríssimo, às 12:48link do post | comentar

Visionado a 3 de Julho de 2008 na sessão da meia-noite.


Versão original.


 


Trailer: 2,5


Diálogos: 3


Fotografia: 4


Cartazes: 2,5


Argumento: 3


Montagem: 3,5


Realização: 3,5


Interpretações: 3


Banda Sonora: 3,5


Efeitos Especiais: 5


Média: 3,35


Classificação Geral: 3,5 em 5


Aspecto Negativo:


Os actores e personagens secundários estarem um pouco apagados. O que é pena com tantos nomes grandes.


Aspecto Positivo:


O genérico inicial e os créditos finais são sublimes. Atenção ao "bombom" no final do filme.


01
Jul 08
publicado por Luís Veríssimo, às 15:59link do post | comentar | ver comentários (1)

Visionado a 30 de Junho de 2008.


  


Diálogos: 4


Cartazes: 4


Produção: 4


Fotografia: 4


Montagem: 5


Realização: 4,5


Argumento: 4,5


Banda Sonora: 4


Interpretações: 4,5


Cenários (interiores e exteriores): 5


Média: 4,35


Classificação Geral: 4,5 em 5


Aspecto Negativo:


As pontas soltas. Os pontos por explicar podem ficar a remoer-nos no pensamento.


Aspecto Positivo:


Belén Rueda confirma de forma absoluta o seu grande e maravilhoso talento.


21
Mai 08
publicado por Luís Veríssimo, às 10:23link do post | comentar

Visionado a 20 de Maio de 2008 em antestreia.


  


Diálogos: 3,5


Realização: 3


Fotografia: 3


Montagem: 2


Argumento: 4


Banda Sonora: 4


Interpretações: 3


Cenários (exteriores): 4,5


Título (original e português): 3



Cartaz (original e português): 2



Média: 3,2


Classificação Geral: 3 em 5


Aspecto Negativo:


Falta muita coisa ao filme, principalmente uma melhor montagem e um ar mais credível ao argumento.


Aspecto Positivo:


Ludivine Sagnier ilumina qualquer filme por pior ou melhor que ele seja. Esta miúda precisa mesmo de ir para Hollywood.


16
Abr 08
publicado por Luís Veríssimo, às 09:07link do post | comentar

Visionado a 15 de Abril de 2008 em antestreia.






Cartaz: 4


Elenco: 4,5


Diálogos: 4,5


Realização: 5


Fotografia: 4


Montagem: 4,5


Argumento: 4,5


Guarda Roupa: 4


Interpretações: 4,5


Efeitos Especiais: 5


Média: 4,45


Classificação Geral: 4,5 em 5


Aspecto Negativo:


O ser uma quase clara mistura de 3 filmes: The Departed (2006); American Gangster (2007); e Eastern Promises (2007).


Aspecto Positivo:


Tem planos muito bem conseguidos. A cena de preseguição é das mais interessantes dos últimos tempos.


10
Abr 08
publicado por Luís Veríssimo, às 10:46link do post | comentar | ver comentários (2)

Visionado em Bilbao com a KáKáMar em Dezembro de 2007.





Trailer: 5


Cartaz: 5


Diálogos: 3,5


Realização: 5


Fotografia: 5


Montagem: 5


Argumento: 4


Interpretações: 4


Efeitos Especiais: 5


Cenários (interiores): 4


Média: 4,55


Classificação Geral: 5 em 5


Aspecto Negativo:


O ser comparado com o filme Cloverfield, apesar de REC ter estreado antes.


Aspecto Positivo:


Como um argumento simples, nada estraordinário, mas com uma realização e uma montagem exímias surge um filme muito interessante.


28
Mar 08
publicado por Luís Veríssimo, às 11:42link do post | comentar | ver comentários (2)

Ontem em dia mundial do teatro fui ao cinema... Fui à Cinemateca ver "A Comédia e a Vida" ("The Golden Coach/ La Carozza d' Oro", de 1952 de Jean Renoir). O filme é protagonizado pela italiana Anna Magnani.


«Baseado numa peça de Prosper Merimée, que estabelece paralelos entre a comédia e a vida, como diz o título português (...) este é um filme que assume o seu aspecto teatral e artificial. Foi realizado em três versões, inglesa, francesa e italiana, sempre com os mesmos actores.»


A versão apresentada foi a inglesa, considerada por Renoir a melhor das três. O filme é realmente uma justíssima homenagem ao Teatro e à Vida. Adorei o convite. Já nem me lembrava as saudades que tinha de ver grandes clássicos no grande ecrã.



15
Mar 08
publicado por Luís Veríssimo, às 20:51link do post | comentar | ver comentários (2)

 


Um dos filmes mais interessantes da história do cinema brasileiro é "Cidade de Deus" (site oficial) - "City Of God" (link no IMDb), 2002 de Fernando Meirelles e co-realizado por Kátia Lund. O livro homónimo de Paulo Lins foi magistralmente adaptado para o cinema. Este filme é uma verdadeira obra prima, com uma exímia montagem, interpretações deliciosas, uma fotografia soberba... nada lhe falta, tem romance, comédia, acção e muito mais. Foi nomeado para quatro Óscares e esteve presente na competição oficial do Festival de Cannes. «O principal personagem do filme "Cidade de Deus" não é  uma pessoa. O verdadeiro protagonista é o lugar. Cidade de Deus é uma favela que surgiu nos anos 60 e se tornou num dos lugares mais perigosos do Rio de Janeiro no começo dos anos 80.» Deixo-vos aqui os minutos iniciais.



06
Mar 08
publicado por Luís Veríssimo, às 07:45link do post | comentar | ver comentários (2)

Quer se queira quer não o mundo do cinema provoca nas pessoas toda uma amalgama de sentimentos possíveis. É isso que nos faz estar tão bem "no escurinho do cinema" - pelo menos a mim faz. Que melhor mundo do cinema haveria para mostrar esses sentimentos? O de Alfred Hitchcock, pois está claro. Os filmes, o ambiente, o universo, o espírito de Hitch foi revisitado, foi recriado, foi revivido pela Vanity Fair de Março. A prestigiadíssima revista norte-americana - que parece que vai ter uma edição portuguesa - brindou-nos com mais um brilhante trabalho de fotografia. Queria apenas salientar estas duas fotografias:




Jodie Foster em The Birds, fotografia de Norman Jean Roy





Seth Rogen em North By Northwest, fotografia de Art Streiber.


Vejam todas as fotografias reunidas neste site. Destaque especial ainda para as imagens de Marion Cotillard, arrepiantes. Leiam também o artigo on-line "Behind the Scenes: It’s the Hitch in Hitchcock".

tags: ,

mais sobre mim
Janeiro 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


pesquisar neste blog
 
subscrever feeds
blogs SAPO