Since 1979
26
Jun 08
publicado por Luís Veríssimo, às 23:30link do post | comentar

Eu sei que ando muito de volta do forno. Também sei que ando muito de volta das aves. Mas não consigo resistir. Enquanto não dou uma solução à minha cozinha e para não perder o ânimo vai de cozinhar no forno carne de aves. Alguns de vós não deverão saber o que são Hot Wings. Nada melhor do que verificarem a minha receita:


 


Receita para 2 pessoas:


 


Ingredientes:


- 12 asas de frango;


- massa de alho;


- sal grosso;


- piri-piri.


  


Preparação:


Temperar as asas de frango com a massa de alho, o sal e o piri-piri a gosto. Dado que são Hot Wings convém que as asas fiquem picantes. Deixar a marinar durante algumas horas. Coloca-se as asas por cima da grelha do forno de forma a que não se desmanchem. (Se comprarem as asas embaladas coloquem-nas no forno da mesma forma.) Por debaixo da grelha com as asas coloca-se o tabuleiro do forno com água. Cozinham-se as asas com o lume do forno no máximo durante 30 minutos. Convém ir virando as asas e renovando a água do tabuleiro. Depois de cozinhadas deixam as asas repousar até servir.


  


Acompanhamento:


De acompanhamento ficam bem batatas fritas, batata doce frita, arroz branco ou uma simples salada portuguesa. Esta noite fiz batatas fritas, uma coisa rara na minha alimentação.

 



  


Notas:


As Hots Wings são normalmente fritas. Sendo que podem ser fritas com pão ralado ou não. O tempero esse é sempre o mesmo.


22
Jun 08
publicado por Luís Veríssimo, às 20:18link do post | comentar | ver comentários (4)

Voltei a ter forno!!! Graças a este senhor.


Para comemorar o "regresso" do forno fiz Coxas de Frango com Mel. Ficaram uma delícia. Não tostadas em demasia e com algum molho. Fica a receita:


 


Receita para 2 pessoas:


 


Ingredientes:


- quatro coxas médias de frango;


- duas colheres de sopa de mel;


- massa de alho;


- vinho verde;


- sal grosso.


 


Preparação:


Esfregam-se as coxas com o mel e logo de com a massa de alho. Convém fazer a esfrega às coxas já dentro dum pirex para não haver muito desperdício de mel. Polvilha-se as coxas com sal e rega-se logo de seguida com um pouco de vinho verde. Leva-se ao forno bem quente durante cerca uns 40 a 50 minutos. Não esquecer que é necessário ir virando as coxas para elas tostarem dos dois lados. Depois de se desligar o forno deixa-se estar a carne no forno durante mais uns 10 a 15 minutos.


  


Notas:


De acompanhamento fica bem massa al dente ou batatas assadas no forno.


Hoje fiz esparguete al dente. Temperei-o para a cozedura com um pouco de massa de alho, uma folha de louro e sal. No final da cozedura reguei o esparguete com um fio de azeite. A massa convém sempre servir-se muito quente.


13
Mai 08
publicado por Luís Veríssimo, às 20:02link do post | comentar | ver comentários (4)

Adoro perna de peru assada e nunca a consigo fazer da mesma forma. Ontem a perna de peru saiu-me assim:


 


Receita para 2 pessoas:


 


Ingredientes:


- uma perna de peru grande;


- uma cabeça de alho;


- sumo de 2 limões;


- vinho verde;


- sal grosso;


- piri-piri;


- azeite.


 


Preparação:


Esfrega-se a perna de peru com sal grosso. Coloca-se a perna num pirex. Rega-se com o sumo dos limões e logo de seguida com um pouco de vinho verde. Colocam-se por cima da perna os alhos laminados e o piri-piri. Por fim rega-se com um pouco de azeite. Leva-se ao forno durante uns 40 minutos. A meio da cozedura dá-se uns golpes na carne.


 


Notas:


De acompanhamento sugiro batatas assadas no forno. Ontem coloquei as batatas cruas com um golpe a meio num pirex com água dentro. Polvilhei as batatas com sal e reguei-as com azeite. Cozinharam durante 20 minutos.


06
Mai 08
publicado por Luís Veríssimo, às 20:00link do post | comentar | ver comentários (2)

Esta é a minha receita de Peru Cordon Blue. Bifes magros e não panados.


 


Receita para 4 pessoas:


 


Ingredientes:


- 8 bifes médios de peru;


- 8 fatias de fiambre de porco da perna;


- queijo ralado;


- vinho verde;


- pimenta preta;


- sal grosso.


 


Preparação:


Tempera-se os bifes com pimenta preta e sal grosso. Coloca-se as fatias de fiambre em cima dos bifes. Depois coloca-se o queijo ralado por cima do fiambre. Enrolam-se os bifes sobre si mesmos e utilizam-se palitos para segurá-los. Num pirex coloca-se um pouco de vinho verde, apenas para os bifes não pegarem. Dispõem-se os bifes no pirex e leva-se ao forno, no máximo, durante 30 minutos. Ao fim destes 30 minutos, apaga-se o forno e espera-se uns 10 minutos até se servir.


 


Notas:


Os bifes deverão ser servidos acompanhados sempre com salada portuguesa e com, ou puré de batata, ou arroz branco, ou esparguete.


04
Abr 08
publicado por Luís Veríssimo, às 04:50link do post | comentar | ver comentários (2)

A pêra desfaz-se-me na boca. É tão deliciosa. Ouço muita música, pois há que fazer muita e boa pesquisa para estes posts. Estas que ouço são deliciosas. Ah! E como também um daqueles chocolates que se fazem nos Alpes e se desfazem na boca. Delicioso... A meloa que comprei ontem (ou terá sido anteontem) tem um cheiro delicioso. E o sabor? Nem vos digo, nem vos conto. Adoro fruta! Adoro comida! Adoro comer! Dá-me mesmo muito prazer. Tenho em mim o prazer da comida. Delicioso!


Bem, esta é a minha terceira noite de trabalho e estou um pouco tontinho. Mereço um desconto.


delicioso/a, adjectivo: que causa delícia; agradável; aprazível; saboroso; excelente; (do latim deliciÓsu-, «id.»). Informação aqui.


13
Fev 08
publicado por Luís Veríssimo, às 20:20link do post | comentar

Como não sabia o que fazer com os tomates pelados e com os cogumelos frescos e como detesto deitar comida fora fiz uma pasta para comer ontem ao almoço.

 

Ingredientes:

 

- tomates pelados (enlatados);

 

- cogumelos frescos;

- sal;

- massa de alho com piri-piri;

- óregãos;

- azeite;

- vinho tinto;

- delícias do mar;

- Tagliatelle Verde1.

 

Preparação:

Laminar os cogumelos e colocá-los na frigideira com o azeite pré-aquecido. Temperar com sal e deixá-los refogar mexendo sempre durante uns 5 a 8 minutos em lume brando e tapados. Colocar os tomates pelados previamente picados e o resto do líquido da lata. Adicionar um pouco de vinho, só para dar cor. Junta-se as delícias do mar já desfiadas. Acrescenta-se um pouco de massa de alho com piri-piri e rectifica-se o tempero (normalmente eu não adiciono mais sal). Deixa-se cozinhar durante uns 10 minutos. Entretanto coze-se a massa2, utilizei o resto do tagliatelle verde1. Serve-se a pasta bem quente e polvilhada com óregãos. O resultado deve ser:

 

Notas:

1 - Normalmente o Tagliatelle Verde é de espinafres, mas nem sempre.

2 - A massa é sempre, sempre cozinhada al dente.


publicado por Luís Veríssimo, às 18:30link do post | comentar

Hoje acordei com fome... e tenho andado assim o dia todo. Deve ser das tardes de trabalho. Pode ser que assim engorde os 5kg que me faltam. Pequenalmocei bem e almocei também bem. Mas antes de vir trabalhar passei pelo MacDonald's e petisquei 4 MacNuggets a 1€. Pelas 17h e qualquer coisa lanchei no bar da empresa por 1,61€: uma sandes de frango com tomate e alface, um iogurte líquido Mimosa de banana, e uma fatia (pequena) de molotov. E antes de jantar se calhar ainda vou comer mais qualquer coisinha...


10
Fev 08
publicado por Luís Veríssimo, às 20:20link do post | comentar

Ontem à noite convidei o ROM e o Mr Fitghs para jantarem comigo. Fiz-lhes a minha Bolonhesa de Porco acompanhada com Tagliatelle Verde1. As fotos dos pratos é que não ficaram nada de jeito. Mas aqui fica a receita.

 

Ingredientes:

- 500gr de carne de porco picada;

- meio chouriço de carne;

- 4 tomates frescos;

- 2 tomates pelados (enlatados);

- 1 cebola média;

- cogumelos frescos;

- 1 limão;

- sal;

- massa de alho c/ piri-piri;

- óregãos;

- azeite;

- vinho tinto;

- queijo da Ilha ralado;

- Tagliatelle Verde1;

- 1 pacote de salada de rúcula selvagem;

- vinagre balsâmico.

 

 

Preparação:

Tempera-se2 a carne de porco picada com vinho tinto, sumo de um limão e sal, e deixa-se repousar. De seguida refoga-se a cebola picada de forma muito miudinha em azeite. Quando a cebola estiver transparente coloca-se o tomate fresco e o tomate pelado (picados também de forma muito miúda) no refogado. Baixa-se o lume e põe-se a carne, misturando-a bem com o molho de tomate. Logo de seguida junta-se o meio chouriço de carne bem picado. Por fim misturam-se os cogumelos frescos picadinhos no preparado. Rectificam-se os temperos e deixa-se cozinhar em lume brando durante uns 10 minutos. Serve-se bem quente com o tagliatelle verde1 cozido al dente. Ao ser servido polvilha-se a carne com óregãos e queijo da Ilha ralado. Pode-se acompanhar também com uma salada de rúcula selvagem temperada com azeite, sal e vinagre balsâmico.

 

Notas:

1 - Normalmente o Tagliatelle Verde é de espinafres, mas nem sempre.

2 - Não é necessário deixar a carne a marinar durante muito tempo. Este tempero pode ser feito na hora antes de se cozinhar a carne.


07
Fev 08
publicado por Luís Veríssimo, às 08:32link do post | comentar



Gosto de comer torradas acabadas de fazer. Cheiinhas de manteiga e doce de cereja caseiro da D. Mina e queijo de Nisa. Ao lado uma caneca de leite bem quente. Apanhei algum frio no regresso do trabalho a casa e só me apetecem coisas bem quentinhas. A cama e o edredão esperam-me...


06
Fev 08
publicado por Luís Veríssimo, às 13:30link do post | comentar

Esta receita não tem nada que saber. Apenas é necessária alguma paciência. Aqui fica a receita para 4 (ou 5) pessoas comerem e repetirem.





Ingredientes:


- 2 pacotes de Folhas de Espinafres congelados de 400g1;


- 2 pacotes de Natas de 200ml;


- 2 pacotes de Molho Béchamel de 500ml;


- alho;


- azeite;


- sal;


- piri-piri;


- óregãos;


- 1 pacote e meio de canelones secos de 250g;


- 1 pacote de delícias do mar2.





Preparação:


Colocar num recipiente com água a ferver os espinafres e deixar repousar. Enquanto isso colocar numa frigideira uns quantos dentes de alho, ou picados, ou laminados, com um bom fio de azeite. Assim que o azeite estiver quente colocar as delícias do mar** desfiadas. Deixar apurar. Escorre-se a água aos espinafres e colocam-se na frigideira. Logo de seguida coloca-se também os 2 pacotes de natas, tempera-se de sal e piri-piri a gosto. Deixa-se apurar em lume brando, mexendo sempre. Ao fim de 10 minutos apaga-se o lume e deixa-se arrefecer durante 5 minutos. Agora a parte que carece mais paciência: encher os canelones com o preparado e colocá-los em tabuleiros. Utilizei dois tabuleiros de vidro untados com azeite. Entretanto liga-se o forno no máximo. Assim que os canelones estão enchidos e dispostos nos tabuleiros, colocar o molho béchamel, um pacote por cada tabuleiro. Polvilha-se com os óregãos e leva-se ao forno (no máximo) durante 15 a 20 minutos.



O resultado deverá ser este:


 


Notas:


1 - Ou pacotes de Espinafres Picados também congelados.


2 - Ou camarões pequenos.



Alguma dúvida ou sugestão é só dizerem.


mais sobre mim
Janeiro 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


pesquisar neste blog
 
blogs SAPO