Since 1979
15
Jul 08
publicado por Luís Veríssimo, às 10:12link do post | comentar | ver comentários (2)

Por mais cedo que me deite e mesmo que durma a noite toda (coisa rara, mas que se verificou nas últimas duas noites), quando tenho que vir trabalhar de manhã ando sempre com sono. Fazendo com que o meu estado de concentração e alerta seja muito baixo. Por isso é que sempre preferi trabalhar no turno da tarde. O meu desempenho profissional é claramente melhor à tarde. Quando andava na faculdade era também à tarde que aproveitava para estudar, visto que a tarde me rendia bastante. Curiosamente é à tarde que normalmente cometo mais erros a nível profissional...


03
Jul 08
publicado por Luís Veríssimo, às 20:51link do post | comentar | ver comentários (4)

... de ver alguns dos chineses que povoam a minha rua. Às vezes dão-me mesmo asco. Deambulam pela rua de loja chinesa em loja chinesa. São umas 3 lojas desde o início da rua e até minha casa. Têm um aspecto descuidado. Os pés são maiores que os chinelos que calçam. Têm os calcanhares gretados e as unhas amareladas. As lojas chinesas da minha rua não me atraem mesmo.


... de sentir o cheiro a suor do meu colega de secretária. Às vezes é insuportável. Quase todos os dias vai trabalhar com um activo cheiro a suor. Quer esteja calor quer esteja frio, o cheiro é o mesmo. Este meu colega "come" palavras, não se sabe explicar e diz "pronts". Às vezes tem um resto (escuro) de saliva num dos cantos da boca. Consegue passar mais de oito horas sem comer nada.


... de errar profissionalmente. É mesmo algo que detesto. Estou mesmo a precisar de férias. O que me vale é que começam já amanhã. Vai ser uma semana inteirinha com quase nada para fazer. Com muita praia e muitos petiscos. Desde Dezembro que não tinha uns dias de descanso. Tenho apenas que ir a casa da minha avó paterna. E apenas tenho o casamento. Estou nervoso, muito nervoso.


... de muitas mais outras coisas!


27
Abr 08
publicado por Luís Veríssimo, às 20:17link do post | comentar | ver comentários (2)


Hoje foi dia de PaintBall. Eu e alguns colegas de trabalho fomos destilar suor para Bucelas. Foi bom, mas muito estafante. Deu para aliviar o muito stress que tenho acumulado. Deu para me integrar ainda mais num grupo quase restrito. Deu também para me dar a conhecer um pouco mais. Resultado: estou muito cansado e  um pouco esfolado. Mas diverti-me mesmo muito. Compensou bastante o dinheiro gasto...


Na foto estou eu muito concentrado a preparar-me para os embates.


27
Fev 08
publicado por Luís Veríssimo, às 18:11link do post | comentar

Ontem à tarde fui, de certa forma, acusado de falta de interesse por um dos meus colegas de trabalho no novo emprego.  Com a seguinte frase: "Acho que deverias mostrar-te um pouco mais interessado!". Não gostei!!! Claro! Tentei justificar a minha suposta falta de interesse. O meu colega não se demoveu... Não sei como não lhe dei uma resposta torta! Ainda nem há um mês lá estou! Isto vai ser bonito, vai. Enfim!


 



Adenda ao post:


Interessado; adjectivo e substantivo masculino


que ou aquele que tem interesse em alguma coisa ou tem parte nos lucros de uma empresa;


(Part. pass. de interessar)


Fonte Infopédia.


13
Fev 08
publicado por Luís Veríssimo, às 18:30link do post | comentar

Hoje acordei com fome... e tenho andado assim o dia todo. Deve ser das tardes de trabalho. Pode ser que assim engorde os 5kg que me faltam. Pequenalmocei bem e almocei também bem. Mas antes de vir trabalhar passei pelo MacDonald's e petisquei 4 MacNuggets a 1€. Pelas 17h e qualquer coisa lanchei no bar da empresa por 1,61€: uma sandes de frango com tomate e alface, um iogurte líquido Mimosa de banana, e uma fatia (pequena) de molotov. E antes de jantar se calhar ainda vou comer mais qualquer coisinha...


06
Fev 08
publicado por Luís Veríssimo, às 06:55link do post | comentar

Começo a integrar-me e a inteirar-me no meu novo trabalho. Já sei algumas coisas, não muitas é certo. Para saber tudo, tudo vai ser necessário muito, muito tempo. O trabalho não é na verdade difícil. Mas nunca antes tinha lidado com alguns dos programas. Esta madrugada estive a tratar de umas coisitas, mas sempre com o meu colega ao lado a ver. Este serviço (tal como o outro onde eu estava) funciona 24 horas por dia, todos os dias do ano. Neste há 4 pessoas por turno e são sempre as mesmas 4. Quer queiram, quer não, têm que se dar bem. O que não me parece ser tarefa fácil. (Mas isso são outros quinhentos.) Falando do departamento... é todo ele composto por homens, o que chega a ser aborrecido (por isso é que já coloquei a Monica Bellucci no ambiente de trabalho). Homens esses carregadinhos de testosterona, a comprovar pelos pêlos que se orgulham em ostentar na cara. E já estou de saída...

tags:

03
Fev 08
publicado por Luís Veríssimo, às 18:21link do post | comentar

Esta noite foi estranha. Foi a última noite de trabalho. Foram as últimas horas na empresa que me mudou a vida há 4 anos atrás. Foi precisamente há 4 anos e 7 meses que comecei. Foram anos muito interessantes. Fiz amizades. Trabalhei muito. Fiz muita porcaria. Cresci, ai se cresci. Quando me vinha embora olhei para trás. Olhei para ver o que deixava para trás. Agora apenas tenho que olhar em frente. Vai ser difícil. Vai-me custar muito. As separações são assim mesmo. Vou agora enfrentar um grande desafio. Penso estar preparado para este grande desafio. Ele que venha.

tags:

28
Jan 08
publicado por Luís Veríssimo, às 21:20link do post | comentar

Na quinta-feira fui a uma entrevista de emprego. Ligaram-me hoje a dizer que me queriam. O processo não foi assim tão simples. Já tinha ido a uma primeira entrevista em Dezembro, mesmo na véspera da minha ida para Bilbao. Mesmo assim não foi assim tão simples. Soube desta oportunidade através de um amigo, esse amigo foi sem dúvida o meu factor C. Por este facto não me sinto nem bem nem mal. Só espero não deixá-lo mal visto. De qualquer forma não foi assim tão simples. A irresponsabilidade de uma determinada pessoa fez-me ser chamado para este novo emprego. Paciência.


Estou nervoso. Estou triste. Estou contente. Vou voltar a trabalhar fora de Lisboa, desde que cá estou. Vou voltar à leitura de livros nos transportes públicos. Vou sair de um emprego onde estou efectivo e vou começar na outra empresa do zero. Vou sair de um emprego onde já estava a acomodar-me e a ganhar vícios. Estou nervoso. Estou triste. Estou contente. Hoje o meu coração bateu tanto, tanto, que já não sabia o que lhe fazer. Espero conseguir dormir esta noite. Espero que a ansiedade não tome conta de mim. Mas penso que irei estar assim até começar a trabalhar.


E a partir de 6.ª feira lá vou eu pregar para outra freguesia...

tags:

24
Dez 07
publicado por Luís Veríssimo, às 12:10link do post | comentar

Regressei hoje ao trabalho depois de semana e meia de férias. - Ninguém regressa ao trabalho vindo de férias no dia 24 de Dezembro, eu sei. - Estou cansado dos Natais. Desde a morte da minha mãe que o gosto pelo Natal é diferente. O Natal não sabe ao mesmo, o que é aceitável e compreensível. Assim sendo, tento ter um Natal diferente todos os anos. Hoje ainda, depois do work, vou para casa dos meus avós passar lá a Consoada. Amanhã o almoço de Natal deverá ser em casa da minha tia Laura. E assim se vai mais um Natal. Já agora: um Bom Natal a todos e a todas.


mais sobre mim
Janeiro 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


pesquisar neste blog
 
subscrever feeds
blogs SAPO