Since 1979
17
Mai 08
publicado por Luís Veríssimo, às 14:13link do post | comentar

- não quero estar sempre a chatear-me com o/a pirralho/a;


- não quero estar a ir ao McDonald's todos os santos fins-de-semana;


- não quero estar a dar-lhe um telemóvel quando tiver apenas 5 anos;


- não quero deixar de ter noites de sono (bem sei que actualmente também não tenho muitas);


- quero continuar a ter liberdade;


- quero viver sem ter preocupações que me mortificariam;


- quero envelhecer sem ter alguém que me chame "cota" ou "velho";


... e por muitas, mesmo muitas outras razões.


Eu adorava ter um filho, com tudo o que de incómodo traz, e com tudo o que de felicidade produz...
Abraço.
pinguim a 17 de Maio de 2008 às 17:52

O "incómodo" é o menos, as responsabilidades é que seriam mais que muitas, pois "Quem tem filhos, tem cadilhos.".
Luís V a 17 de Maio de 2008 às 20:00

partilho da mesma opiniao.
Invulgarmente a 8 de Janeiro de 2009 às 16:33

mais sobre mim
Maio 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9

16

22
23
24

25
27
29
31


pesquisar neste blog
 
blogs SAPO