Since 1979
12
Mai 08
publicado por Luís Veríssimo, às 23:25link do post | comentar

"Há dias descobri que a minha capacidade de amar se tinha esfumado há muito."


Disseram-me isto há umas semanas atrás. Eu fiquei sem palavras. Nada disse. Nunca sei o que dizer nestas situações. Estas afirmações quase que fatalistas deixam-me sem resposta. Eu gosto de ter a capacidade de amar. Ter esta capacidade e possibilidade é extremamente enriquecedor.


Tudo depende do sentido em que a frase é dita...
pinguim a 13 de Maio de 2008 às 06:37

Não depende assim tanto do sentido Pinguim, pois amar deveria ser uma capacidade inata do ser humano e nem sempre é.
Luís V a 13 de Maio de 2008 às 08:24

Acima de tudo tens de reflectir. Achas que já não tens essa capacidade? Já não te emocionas a ouvir uma música ou a ver fotos? Já não te emocionas a recordar.te de coisas que passaram pela tua vida?E tens alguém sem a qual aches que não conseguirias viver? Pensa nisso, porque se tiveres, ainda não perdeste a capacidade de amar...

Amar é o verdadeiro sentido da vida...Sê feliz
Nez a 13 de Maio de 2008 às 10:53

mais sobre mim
Maio 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9

16

22
23
24

25
27
29
31


pesquisar neste blog
 
blogs SAPO