Since 1979
15
Mai 08
publicado por Luís Veríssimo, às 14:26link do post | comentar

Esta noite o que sonhei foi mais um pesadelo que outra coisa. Sonhei que matava um amigo meu de três formas diferentes. Da primeira matava-o ao dar-lhe marteladas no crânio. Estávamos no hall de entrada da minha casa, eu em cima dele. E era ver-me a dar-lhe marteladas. E era ver o sangue a espalhar-se pelo meu rosto e pelas paredes e pelos móveis. Na segunda vez matava-o dando-lhe um tiro entre os olhos. Estávamos no mesmo hall de entrada, apontava-lhe a arma, encostava-a ao rosto e atirava. Aqui também havia algum sangue. Curiosamente ele estava sem óculos. Por último era a vez da faca de cozinha bem afiada. Os golpes no peito e abdómen pareciam não ter fim. O sangue cobria os tacos de madeira do hall de entrada. O mais interessante é que em qualquer uma das três situações eu era preso e condenado por homicídio passional. Bem feito!


Estes sonhos, aliás pesadelos, revelam algo que não gosto em mim. Toda a gente tem o seu lado oculto. Mas nem sempre é fácil lidar com o nosso próprio lado lunar. Sempre consegui lidar muito bem com o meu ser mais vil. Mas estes pesadelos atromentam-me quase sempre. Já há bastante tempo que não tinha destes sonhos tão interessantes. Acho que mais logo à noite vou é dormir sobre este assunto.

tags:

"sonhos tão interessantes"?????
Que medo...
pinguim a 15 de Maio de 2008 às 15:31

mais sobre mim
Maio 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9

16

22
23
24

25
27
29
31


pesquisar neste blog
 
blogs SAPO