Since 1979
13
Ago 08
publicado por Luís Veríssimo, às 13:57link do post | comentar

«Regressou! Regressou para os seus braços. Regressou para os seus beijos. Regressou para a sua vida. O desenho das duas figuras à mesa de jantar numa das duas casa era impressionante. O jantar não era à luz das velas, mas era romântico. As mãos dadas, a conversa, os pratos, a mesa, as cadeiras, os copos, a posição dos quatro pés em contacto... Se existisse perfeição... tudo, tudo estava desenhado de forma perfeita. O crescendo, pode-se dizer que amoroso, vai-se intensificando no peito de cada um. Mas como a perfeição não existe, nem tudo é perfeito... há sonhos que os levam a pensar que tudo o que andam a viver é descabido, há segredos não revelados que podem condicionar as suas vidas, há sobretudo receios do que os espera ao virar da próxima esquina.»

tags:

mais sobre mim
Agosto 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
14

19
20
22
23

24
29



pesquisar neste blog
 
blogs SAPO