Since 1979
23
Jul 08
publicado por Luís Veríssimo, às 05:34link do post | comentar

«Acordou com frio. Olhou para a frente e viu a parede. Voltou-se e viu-o a ele. Dormia. Pelo menos aparentava dormir. Tinha a certeza que dormia. Passou as suas mãos pelo seu cabelo, estava oleoso. Não lhe tocou mais. Queria preservar aquele momento. Tapou-se e fechou os olhos. Adormeceu. Não foi bem aquele dormir verdadeiro. Dormitou. O seu sono estava muito leve. É normal, estava numa cama estranha, os estores não estavam totalmente corridos, e da porta do quarto entre-aberta via-se a luz clara do nascer do dia numa casa com vista para o Castelo. Mas tinha um sorriso nos lábios ao voltar a adormecer, lembra-se disso. Esse sorriso era motivado por lembranças dessa mesma noite. Como o convite para um Moscatel da Bacalhôa pode ser um (falso) motivo para algo mais...»

tags:

Pelo menos é original...
pinguim a 23 de Julho de 2008 às 16:59

Obrigado!

Eu próprio já tinha saudades das minhas ficções...
Luís V a 24 de Julho de 2008 às 16:20

Outra coisa para a lista: mais "Bacalhoa"!

Dormir, lembrar e saborear... é tão bom encontrar a casta certa. Mnham!

Bons ventos levam esta navegação... :-)
navegador..... a 30 de Julho de 2008 às 13:32

Essa "lista" está a tornar-se intreminááááável...
Luís V a 30 de Julho de 2008 às 20:18

mais sobre mim
Julho 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10

13
14
17
18

20
22

27
28
31


pesquisar neste blog
 
blogs SAPO