Since 1979
14
Nov 07
publicado por Luís Veríssimo, às 16:51link do post | comentar

Ao ler este  post fiquei com esta afirmação atrás da orelha. É verdade, uma das coisas que herdamos de cada amor é o cinismo, mas não é só. Herdamos a raiva, a revolta, nalguns casos dívidas, noutros nódoas negras. O amor faz realmente muito bem às pessoas... mas e o que é que fica depois? O que fica quando cada uma das duas pessoas vai para seu lado? Nalgumas situações o amor continua, mas o romance não. O que fica é uma magoa latente à espera de ser expelida...


no entanto ao fim de uns tempos (passado o tempo de purga) torna-se em indiferença ou num carinho distante.

No meu caso ao fim desse tempo o que era negativo despareceu e fica uma recordação simpática do que foi positivo.

ZEP a 21 de Dezembro de 2007 às 10:33

mais sobre mim
Novembro 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9

11
12
13
15
16

18
21

25
26
28


pesquisar neste blog
 
blogs SAPO